#myGallery{ width: 200px !important; height: 100px !important; overflow: hidden; }

21 de agosto de 2012

Tensão entre vizinhos na Ásia

Noda busca solução pacífica para linha Takeshima

Jiji Press 

O primeiro-ministro Yoshihiko Noda, sublinhou a necessidade de uma solução pacífica para a linha territorial do país com a Coreia do Sul sobre as ilhas Takeshima.
Em uma carta enviada sexta-feira ao presidente sul-coreano Lee Myung Bak, Noda expressou pesar na mais recente visita de Lee as ilhas e suas observações que procuram um pedido de desculpas do Imperador. " O primeiro-ministro também afirmou plano de Tóquio para submeter o diferendo ao Tribunal Internacional de Justiça, dizendo que o Japão "vai fazer uma proposta em um futuro próximo para o governo sul-coreano para resolver a disputa com calma, de forma justa e pacífica sob o direito internacional".
  "Tóquio quer Seul para ver as coisas de uma perspectiva de grande-retrato e agir com cuidado para o futuro das relações Japão-Coreia do Sul", acrescentou Noda na carta, pedindo que o lado sul-coreano para evitar novos atos provocativos, com mais uma visita do presidente à disputadas ilhas.
Lee visitou as ilhas  no Mar do Japão, em 10 de agosto, tornando-se o primeiro presidente sul-coreano a fazê-lo. Na terça-feira, ele disse que se o Imperador espera visitar a Coréia do Sul, ele deveria pedir desculpas aos coreanos que perderam suas vidas no movimento de independência durante o domínio colonial do Japão da península coreana, antes e durante a Segunda Guerra Mundial.
Em conversas com repórteres sexta-feira, Noda disse que a Coreia do Sul deve "diretamente aceitar" a proposta de Tóquio para levar a disputa para a CIJ.Seul indicou que não vai aceitar a proposta japonesa.
Posição de Seul sobre a questão é que não existe disputa territorial sobre as ilhas, que são efectivamente controlados pela Coreia do Sul.
Japão planeja levar o caso ao tribunal de forma independente. Mas o órgão judicial não irá iniciar os procedimentos de solução de controvérsias, sem o consentimento da Coréia do Sul.
=== ===
 O Fórum  Japão e Coreia do Sul  fora adiado
 
A reunião de um fórum  Japão-Coréia do Sul do setor privado previsto para este mês foi adiado em meio a relações dos dois países se deteriorando, soube-se sexta-feira.
O lado japonês chama  para a reunião do Fórum Coreia-Japão para ser deixado de lado , dizendo que seria difícil de manter discussões construtivas com calma, nas circunstâncias atuais, e do lado sul-coreano concordou.
 Segundo o Centro de Intercâmbio Internacional do Japão, que serve como o secretariado do fórum, Yuzaburo Mogi, presidente honorário da Kikkoman Corp e a cadeira japonesa do fórum, disse ao lado da Coreia do Sul  que a reunião deve ser adiada até que o ambiente esteja bom para o diálogo bilateral.
A reunião do fórum foi programado para ser realizado em Fukuoka por três dias a partir de 29 de agosto.

Yomiuri diário ONLINE


Um comentário:

  1. Começou a briga pelas terras dos outros hein?

    ResponderExcluir

Qualquer comentário que for ofensivo e de baixo calão, não será bem vindo neste espaço do blog.
O Blog se reserva no direito de filtrar ou excluir comentários ofensivos aos demais participantes.
Os comentários são livres, portanto não expressam necessariamente a opinião do blog.
Usem-no com sapiência, respeito com os demais e fiquem a vontade.
Admin- UND

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...